Cinema

10 motivos para assistir Luis Miguel, a série da Netflix.

By  | 

Por Claudia Skobelkin   Fotos: Divulgação e Internet/Reprodução.

O primeiro domingo sem um episódio da EXCELENTE série sobre o cantor mexicano Luis Miguel, da Netflix, que foi exibida semanalmente  aos domingos, desde o dia 22 de abril de 2018 até o último dia 15, me fez escrever esse post.  Jornalista também é gente e imparcialidade absoluta é algo impossível e por causa disso eu já vou falar de cara que eu sou fã do ” Sol do México”- como o artista também é conhecido-, desde que eu tinha 10 anos e ele, 12. Tenho todos os CDS de Micky e fui em todos os shows do músico no país. Pois é, Brasil. Ser filha de uruguaio com brasileira e neta de russos por parte de pai e também pelo fato de viajar por aí desde criança me deu curiosidade e paixão por diversas culturas e também me proporcionou experiências únicas, enriquecedoras e troca cultural, inclusive musicalmente. Recomendo e muito. Bom, voltando a série…

1- Luis Miguel está para o México como Roberto Carlos está para o Brasil.

É isso, amigos. O cara é foda. Luis Miguel ganhou o primeiro prêmio (de vários) Grammy aos 15 anos, já vendeu mais de 75 milhões de discos, toca mundo afora desde pequeno, é produtor musical, um dos cantores latino-americanos mais populares da história, canta muito, é um super front man, é carismático e super simpático com os fãs.  O artista mescla canções que vão desde o pop, até o jazz, big band, bolero, mariachi e baladas românticas. Sensacional. Se você não sabe do que eu estou falando, pode começar por esse vídeo ( abaixo), gravado no Festival de Viña del Mar, o mais famoso e importante do Chile, onde ”LuisMi ”se apresenta desde os 16 anos.

2- Detalhes sobre a vida familiar de Luis Miguel.

Com músicas tão belas e melodias marcantes, é difícil imaginar que a vida pessoal de Luis Miguel ( pelo menos da infância até o início da juventude) tenha sido uma tragédia. Uma tragédia como os dramalhões das novelas mexicanas, infelizmente: seu pai e empresário Luis Rey-interpretado pelo ator Oscar Jaenada-, apesar de ter direcionado bem a carreira do filho, era um pai abusivo, manipulador, que se beneficiava da carreira de Luis Miguel e o explorava, era um homem viciado em álcool e drogas (e forçava o cantor nessa direção) e ainda desrespeitava a família em todos os sentidos. A mãe do cantor, Marcela Basteri – interpretada pela atriz Anna Favella-, que amava Luis Miguel incondicionalmente e que fazia de tudo por ele, desapareceu misteriosamente, provavelmente por culpa do marido. E apesar de todos os problemas, traumas e desilusões no âmbito familiar, Luis Miguel nunca desistiu da carreira.

3-  Cadê a Marcela Basteri?

São 13 episódios sem saber o que realmente houve com Marcela Basteri e a gente espera a segunda temporada da série e a definição desse drama, Netflix.  Não é possível que os fãs do guapo mexicano vão ficar sem saber esse desfecho, hein?

4- A vida amorosa do galã.

Quem poderia imaginar que o grande amor da vida do tesouro foi a sua prima Érika? E que Luis Miguel é romântico mesmo, sempre acreditou e lutou pelo amor verdadeiro? A cada episódio, histórias e detalhes sobre a sua vida amorosa. Para um cara que sempre foi reservado fora do palco, a série, que foi baseada em sua biografia autorizada Luis mi rey, la apasionante vida de Luis Miguel (Luis, meu rei, a apaixonante vida de Luis Miguel) e escrita pelo jornalista Javier Léon Herrera , é um deleite para os fãs.

5- A história das músicas.

Só quem é fã de um artista/banda sabe e entende a importância e a emoção de conhecer a história das músicas com detalhes, pq quase sempre é um lance autoral mesmo, é como conhecer o artista de perto, saca? Se a gente já tem uma ” trilha sonora da nossa vida” com as canções dos artistas que a gente ama, imagina a alegria de ver a história que criou isso tudo? ” Culpable O No”, ” No Me Puedes Dejar Asi”, ” La Incondicional” me fizeram chorar, cada episódio narra a verdade de uma música. Oba!

6- Te Odio, Luis Rey.

A atuação de Oscar Jaenada, que dá vida ao personagem de Luis Rey na série é simplesmente perfeita. Um verdadeiro vilão. O cara é um monstro. Eu te odeio, Luis Rey. Parabéns. Vale ressaltar que no México, passaram a ser vendidas camisetas com a frase “Te odio, Luisito Rey” (Te odeio, Luisito Rey) que traz um desenho do pai do cantor. Até alguns mexicanos que foram acompanhar e torcer pelo seu país na Copa do Mundo realizada na Rússia, entre junho e julho de 2018, foram flagrados usando o figurino.

7- Diego Boneta.

Cantor e ator mexicano conhecido por interpretar Rocco, na novela Rebelde, e Nandinho, em Maria do Bairro, Diego Boneta interpreta e canta (muito bem) Luis Miguel. Escolha perfeita. Vale ressalta que a sua carreira é internacional e ultrapassa México e Brasil. Lembra do artista cantando ” Here I Go Again” do Whitesnake, entre outras músicas, no filme ” Rock Of Ages? Dê um play no vídeo abaixo.

8-  Produção Latina.

Narcos, La Casa de Papel e agora Luis Miguel, La Série. Vai, América Latina, bora conquistar o mundo.

9- Topo dos Trending Topics Mundial no Twitter.

A série dominou o twitter a cada domingo e a gente se divertiu muito com os memes. Além disso, foi um dos assuntos mais debatidos e comentados na TV e na mídia impressa de vários países da América Latina.

10- Conhecer outros artistas mexicanos.

Até assistir a primeira temporada da série, os únicos artistas mexicanos que eu conhecia eram: Luis Miguel, o grupo Maná, as cantoras Lucerito, Thalia e Diego Boneta. É bacana pesquisar a cada episódio, quem são os verdadeiros artistas, produtores, empresários, enfim, as personalidades por detrás de cada personagem.

Ficha técnica

Direção: Humberto Hinojosa, Natalia Beristáin

País: EUA

Ano: 2018

Elenco: Diego Boneta, Óscar Jaenada, Paulina Dávila, Anna Favella

Gênero: Biografia, Musical

Distribuição: Netflix

Acompanhe Luis Miguel nas redes sociais.

Luis Miguel Facebook

Luis Miguel Instagram

Luis Miguel YouTube

Curta o Passaporte Cultura no Facebook

Foi editora e responsável pela criação da Revista ‘Viver Nutrilite’ e redatora da BCS Comunicação. Trabalhou como repórter freelancer para diversos veículos de comunicação cobrindo shows internacionais, nacionais e eventos. Foi Assessora de Imprensa nas áreas de beleza, moda, saúde e bem-estar na Papiro Comunicação e Know How Comunicação. Foi Assessora de Imprensa da Ana Massella Dermatologia e Clínica Estética. Atualmente é editora de conteúdo do site Passaporte Cultura e repórter colaboradora do Site Gossip. Jornalista por formação, cidadã do mundo e de bem com a vida. Apaixonada por Deus, viagens, Bon Jovi, cinema e séries, SPFC, rock, Dalí e Ayrton Senna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *