Lifestyle

Conheça 25 dicas nutricionais baseadas em evidências científicas. Parte II.

By  | 

Você gosta de comer, mas também adora se sentir bem não é mesmo? É possível fazer as duas coisas sabendo escolher os alimentos certo. Confira a segunda parte da nossa matéria com 25 dicas baseadas em fatos nutricionais.

15. Não fume e beba com moderação

Se você é um fumante então dieta e exercícios são os menores dos seus problemas. Enfrente esse problema primeiro e depois de uma olhada no guia de alimentação saudável para iniciantes. Se você decidir incluir álcool em sua vida, então o faça com moderação.

16. Use azeite de oliva extra virgem (de boa qualidade claro!)

Azeite de oliva extra virgem é uma das gorduras mais saudáveis do planeta. É carregada de gorduras monoinsaturadas saudáveis para o coração, além de antioxidantes poderosos que podem auxiliar no processo inflamatório.

O azeite de oliva possui muitos efeitos benéficos à saúde do coração e pessoas que o consomem possuem um risco muito menor de morrer por ataques cardíacos e acidente vascular cerebral (AVC).

17. Diminua o seu consumo de açúcares refinados

Açúcar refinado é um dos piores ingredientes da dieta moderna. Pequenas quantidades são permitidas, porém quando as pessoas ingerem grandes quantidades, isso pode causar estragos na saúde metabólica.

Uma elevada ingestão de açúcares está ligada à inúmeras doenças, incluindo obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardíacas e várias formas de câncer.

Dê preferencia sempre para adoçantes naturais, pois além de eficientes são mais saudáveis. Além disso, são ótimos para auxiliar uma dieta balanceada ou para quem tem uma restrição alimentar.

18. Não coma muitos carboidratos refinados

Nem todos os carboidratos são criados da mesma forma. Carboidratos refinados têm sido altamente processados e todas as suas fibras são retiradas no processo.

São pobres em nutrientes (calorias vazias) e podem ser extremamente prejudiciais. Estudos mostram que carboidratos refinados tem sido relacionados à comer demais e à inúmeras doenças metabólicas.

19. Não tenha medo de gorduras saturadas

A “guerra” contra gorduras saturadas foi um erro. É verdade que a gordura saturada eleva o colesterol, mas também aumenta o HDL-colesterol (o “bom”) e transforma o LDL-colesterol de pequeno para grande, o que está ligado à diminuição do risco de doenças cardíacas.

Novos estudos incluindo centenas de milhares de pessoas têm mostrado que não há nenhuma ligação entre o consumo de gordura saturada e doença cardíaca.

20. Arregace as mangas e levante coisas pesadas

Levantar peso é uma das melhores coisas que você pode fazer para aumentar a força do seu corpo e melhorar sua composição corporal.

Isso também leva à melhorias significativas na saúde metabólica, incluindo melhora da sensibilidade à insulina. A melhor estratégia é ir à uma academia e levantar pesos, porém realizar exercícios de peso corporal (funcional) pode ser tão efetivo quanto.

21. Use e abuse das ervas e especiarias

Existem muitas ervas e especiarias incrivelmente saudáveis. Por exemplo, gengibre e açafrão possuem efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios potentes, que levam a vários benefícios na saúde.

Você deveria fazer um esforço para incluir a maior quantidade de ervas e especiarias que conseguir. Muitas delas podem ter efeitos benéficos poderosos na sua saúde.

22. Cuide dos seus relacionamentos

Relacionamentos sociais são incrivelmente importantes. Não só para o seu bem estar mental, como também para a sua saúde física.

Estudos mostraram que pessoas que estão mais próximas de amigos e família são mais saudáveis e vivem muito mais tempo que aqueles que não estão.

23. Acompanhe sua ingestão de alimentos de vez em quando

A única maneira de saber exatamente o que você está comendo é pesar seus alimentos e calcular sua dieta e nutrição. Isso é importante para saber quantas calorias você está comendo. Também é essencial para garantir que você está consumindo proteína suficiente, fibras e micronutrientes.

Estudos mostram que pessoas que acompanham sua ingestão de alimentos de alguma forma tendem a ter mais sucesso na perda de peso e em manter uma dieta saudável. Basicamente, qualquer coisa que aumente a consciência do que você está ingerindo é susceptível de ajudar no seu sucesso.

24. Livre-se do excesso de gordura abdominal

Nem toda a gordura corporal é igual. É principalmente a gordura na sua cavidade abdominal que causa problemas. Essa gordura se aloja ao redor dos órgãos e está fortemente associada à doenças metabólicas.

Por essa razão, o tamanho da sua cintura pode ser um marcador mais forte da sua saúde do que o número na balança. Cortar carboidratos, ingerir mais proteína e comer bastante fibra são todas excelentes maneiras de se livrar da gordura abdominal.

25. Não faça dieta, mude os hábitos alimentares

Dietas são notoriamente ineficazes e raramente funcionam a longo prazo. De fato, fazer dieta é um dos maiores preditores para o futuro ganho de peso.

Ao invés de fazer uma dieta, tente adotar um estilo de vida mais saudável. Foque em nutrir o seu corpo, ao invés de privá-lo. A perda de peso deveria seguir como um efeito colateral de melhores escolhas alimentares e melhora da saúde metabólica.

Divulgação. Fotos: Divulgação e Internet/Reprodução.

Foi editora e responsável pela criação da Revista ‘Viver Nutrilite’ e redatora da BCS Comunicação. Trabalhou como repórter freelancer para diversos veículos de comunicação cobrindo shows internacionais, nacionais e eventos. Foi Assessora de Imprensa nas áreas de beleza, moda, saúde e bem-estar na Papiro Comunicação e Know How Comunicação. Foi Assessora de Imprensa da Ana Massella Dermatologia e Clínica Estética. Atualmente é editora de conteúdo do site Passaporte Cultura e repórter colaboradora do Site Gossip. Jornalista por formação, cidadã do mundo e de bem com a vida. Apaixonada por Deus, viagens, Bon Jovi, cinema e séries, SPFC, rock, Dalí e Ayrton Senna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *