Música

Eddie Van Halen, um dos maiores guitarristas da história da música, morre aos 65 anos.

By  | 

Por Claudia Skobelkin Fotos e vídeos: Internet/Reprodução/You Tube.

O guitarrista holandês Eddie Van Halen , um dos fundadores da banda que leva seu nome, Van Halen– ao lado do irmão e baterista Alex Van Halen, -morre aos 65 anos, vítima de câncer na garganta, que tratava havia mais de 10 anos. (maldito cigarro). A notícia foi divulgada por seu filho Wolfang Van Halen, também músico, nesta terça, 6, nas redes . ” Não acredito que tenho de escrever isso, mas meu pai, Edward Lodewijk Van Halen, perdeu sua longa e árdua batalha contra o câncer esta manhã. Ele era o melhor pai que eu poderia ter pedido. Cada momento que compartilhei com ele no palco e fora dele foi um presente. Meu coração está partido e eu acho que jamais me recuperarei totalmente dessa perda. Eu te amo muito, pai.”, afirmou o músico, baixista do Van Halen desde 2.006.

Quando eu soube da notícia, algumas horas atrás, fiquei em estado de choque, perplexa, atordoada. Estava tomando um café perto de casa e fui para o carro chorar.

Sabe aquele artista que você gosta e admira tanto, que é como se o conhecesse pessoalmente, como se fosse um amigo? Você chora a partida dele como se fosse alguém da sua família. É meio surreal, eu sei. Mas qualquer pessoa que é fã de alguém, entende o que eu quero dizer. Pois é.. Sinto essa dor com a perda do Eddie, da mesma forma que senti a partida do Ayrton Senna, da Whitney Houston , do Michael Jackson e do Freddie Mercury. São gênios, únicos, cada um no seu ramo e especialidade, que marcaram gerações e deixaram um legado eterno, seja na música ou no esporte. Incluo o Elvis Presley e Neil Peart, baterista do Rush. Insubstituíveis. É para poucos. O rei das pistas. A melhor cantora do mundo, que foi apelidada de ‘ The Voice’/ A Voz, pela crítica especializada, o rei do POP , o rei do Rock, Freddie e o melhor baterista do mundo! É só parar para pensar: provavelmente todo mundo que você conhece ainda se lembra do que estava fazendo e onde estava no dia da morte do Senna, por exemplo. E por aí vai….

Lembro como se fosse hoje, da primeira vez que eu ouvi Van Halen, aos 14 anos. Eu fiquei hipnotizada com a música ‘ Jump’, com o vídeoclipe, com os riffs, com o solo de guitarra do Eddie e também com os saltos praticamente circenses do super front man David Lee Roth. ( Gosto do Van Halen com o Sammy Hagar também, claro). Van Halen e Bon Jovi me influenciaram musicalmente, me fizeram ficar apaixonada pelo rock e de onde ele veio, gospel, blues, etc.

Era o verão de 1986 e eu estava com os meus pais na Flórida, nos Estados Unidos, na casa de amigos. O filho deles, Adrian Justamante, era fã do Van Halen, colocava músicas do grupo para eu escutar, todos os dias. Nunca mais parei de ouvir Van Halen,- que é a terceira banda da minha vida-, inclusive. Sim, eu sou daquelas que de vez em quando faz listas para algumas coisas.

Eddie Van Halen

O que falar de Eddie Van Halen? O maior de todos. Lenda da guitarra. Provavelmente o último guitar hero. Perda irreparável para a música. Não é o meu guitarrista favorito ( é o Malmsteen), mas eu o amo e reconheço que ele é o melhor. Ícone. Inovador. Da mesma forma que a história é dividida entre antes e depois de Cristo, na minha singela opinião, a história da guitarra é dividida em antes e depois de Jimi Hendrix e antes e depois de Eddie Van Halen. It´s over, baby . Eles são insubstituíveis, com certeza influenciaram todos os músicos internacionais dos quais eu sou fã e todos os músicos que são meus amigos de banda (eu vi muita homenagens deles nas redes hoje), que bom!

Admirador das melhores marcas de guitarra, como Gibson e Fender, Eddie tinha uma guitarra original, conhecida como ‘ Frankenstrat, a mais famosa e sua marca registrada! Ele também participou do projeto de outros artistas, entre eles, Michael Jackson. O solo do hit ‘ Beat It‘, do álbum mais vendido da história, ‘Thriller’, de Jackson, foi composto por ele.

Eddie, gênio, seu legado será eterno, pois a música é imortal. Muito obrigada por seus riffs, solos de guitarra, por inovar na técnica ‘ tapping’ de guitarra- que consiste em bater com os dedos nas cordas da guitarra sobre o braço dela-, pela música, pela inspiração, pelo Van Halen, pela trilha sonora das nossas vidas e por suas composições! Gratidão.

Eddie Van Halen foi considerado pela Revista Guitar World em 2012, o melhor guitarrista de todos os tempos. Entre os solos mais inesquecíveis e marcantes do carismático guitarrista, podemos citar: ‘ Eruption’, Panama”, “I’m the one”, “You’re no good”, “Hot For Teacher” e “Jump”.

Van Halen

Van Halen foi uma das principais bandas de hard rock da história, teve 3 vocalistas, David Lee Roth, Sammy Hagar e Gary Cherone e entrou para o Hall da Fama em 2007. Entre os seus principais hits, podemos destacar as músicas ‘Dance the Night Away” (1979), “Panama” (1984), “Why Can’t This Be Love” (1986), “When It’s Love” (1988), “Right now” (1992), ” Love Walks In’ (1986), ” Dreams” (1986), ‘Ain´t Talking About Love (1978), ”You Really Got Me” (1978) e “Can’t Stop Lovin’ You” (1995). O grupo se apresentou no país apenas uma vez, em 1.983.

Agradeço ao Senhor por ter me permitido ser influenciada pela música do Van Halen, desde a minha adolescência e por ter assistido um show do Van Halen em New Jersey, na época em que morei em Nova Iorque. Show inesquecível. Show marcante. Especial.

Ouvir ‘Jump’ sem a introdução do piano e a guitarra de Eddie será praticamente impossível. Você fará muita falta, mestre!

Curta Passaporte Cultura nas redes.

Facebook: www.facebook.com/passaportecultura

Instagram: @passaportecultura

Foi editora e responsável pela criação da Revista ‘Viver Nutrilite’ e redatora da BCS Comunicação. Trabalhou como repórter freelancer para diversos veículos de comunicação cobrindo shows internacionais, nacionais e eventos. Foi Assessora de Imprensa nas áreas de beleza, moda, saúde e bem-estar na Papiro Comunicação e Know How Comunicação. Foi Assessora de Imprensa da Ana Massella Dermatologia e Clínica Estética. Atualmente é editora de conteúdo do site Passaporte Cultura e repórter colaboradora do Site Gossip. Jornalista por formação, cidadã do mundo e de bem com a vida. Apaixonada por Deus, viagens, Bon Jovi, cinema e séries, SPFC, rock, Dalí e Ayrton Senna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *