Arte

Exposição de Steve Jobs chega a São Paulo.

By  | 

Homem que impactou o mundo com sua personalidade e capacidade de inovação, Steve Jobs é o tema da exposição Steve Jobs, o visionário no Museu da Imagem e do Som. Realizada pela agência ítalo-brasileira Fullbrand e co-realizada pelo MIS, a mostra do gênio americano abre 15 de junho e permanece no Museu até o dia 20 de agosto.

Na exposição, o público tem acesso ao rico universo de Steve Jobs. São 209 itens entre fotos, filmes, reportagens e produtos históricos que mostram a forma como pensava e criava uma das maiores personalidades do século XX.

Em Steve Jobs, o visionário, há um percurso estruturado por células narrativas – Espiritualidade, Inovação, Competição, Fracasso, Negócios e Sonho – concebido pelo escritório Migliore + Servetto Architects – traz uma experiência rica e profunda do universo de Jobs. O público tem acesso a centenas de pequenas e grandes inovações criadas por Jobs. Entre elas a peça mais rara da exposição: o Apple 1, fabricado em 1976, que foi adquirido em um leilão da Christie’s por U$ 213,6 mil, em novembro de 2010, por Marco Boglione, idealizador da exposição. Hoje, o computador já triplicou de valor. Outro destaque nesse tema é o Lisa, que, lançado em 1983, foi o primeiro computador pessoal a ter um mouse e uma interface gráfica – mas foi considerado como um dos maiores fracassos da Apple.

Os visitantes também têm acesso a uma sala dedicada às imagens inéditas de Jobs em sua vida cotidiana feitas por Jean Pigozzi, francês radicado em Nova York, fotógrafo de confiança do inventor.

A inspiração para a exposição surgiu a partir de uma mostra sobre o criador da Apple realizada na Itália, porém, o formato implantado no Brasil é totalmente original. Antes de São Paulo, a exposição passou pelo Rio de Janeiro, onde ficou em cartaz no Píer Mauá.

Com apresentação do Ministério da Cultura e Bradesco, Steve Jobs, o visionário conta ainda com patrocínio da Cielo e apoio da Superga.

Ingressos
 A venda de ingressos para a exposição na Recepção do Museu começa apenas após a abertura da exposição no dia 15 de junho, por R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), com validade apenas para o mesmo dia da compra.
A entrada é gratuita às terças e os ingressos são distribuídos por ordem de chegada. Sujeito à disponibilidade e lotação do espaço.
Os bilhetes começam a ser vendidos/retirados a partir da abertura da bilheteria.
O número de ingressos por dia é limitado e está sujeito à disponibilidade. O acesso à exposição é liberado de hora em hora, também em número limitado.

Fonte: MIS- Museu da Imagem e do Som. Fotos: Divulgação.

Compartilhar isso...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this pageShare on LinkedIn

Foi editora e responsável pela criação da Revista ‘Viver Nutrilite’ e redatora da BCS Comunicação. Trabalhou como repórter freelancer para diversos veículos de comunicação cobrindo shows internacionais, nacionais e eventos. Foi Assessora de Imprensa nas áreas de beleza, moda, saúde e bem-estar na Papiro Comunicação e Know How Comunicação. Foi Assessora de Imprensa da Ana Massella Dermatologia e Clínica Estética. Atualmente é editora de conteúdo do site Passaporte Cultura e repórter colaboradora do Site Gossip.
Jornalista por formação, cidadã do mundo e de bem com a vida. Apaixonada por Deus, viagens, Bon Jovi, cinema e séries, SPFC, rock, Dalí e Ayrton Senna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *