Lifestyle

Apenas um dia na praia já melhora a nossa saúde mental e transforma o nosso cérebro, explica ciência.

By  | 


 

De acordo com um artigo publicado no website da Life Hack, que você pode ler na íntegra e em inglês aqui , a ciência explica como a praia tem um efeito positivo sobre nós: diminui o estresse, aumenta a saúde mental e pode mudar até o nosso cérebro

As ondas dos oceanos geram íons negativos

Na praia sentimos uma sensação de tranquilidade que pode resultar das alterações moleculares nos nossos corpos. As ondas do mar produzem íons negativos, que aceleram a capacidade de absorvermos oxigénio e equilibram os níveis de serotonina (substância química ligada ao humor). Os cientistas associam a praia a uma energia mental positiva e sensação de saúde e bem-estar geral. Ir à praia pode mesmo ajudar a dormir melhor.

Os níveis da hormona do stress (cortisol) diminuem

Os sons mais relaxantes e agradáveis são os que têm padrões de ondas previsíveis, são suaves em volume e cujas frequências harmónicas sucedem em intervalos regulares.

Segundo Shelley Batts, o som do mar pode até ter um efeito mais profundo a nível emocional, podendo desencadear memórias profundas ou sensações de paz e segurança. Existem relatos de pessoas que dizem recordar os tempos no útero da mãe e os batimentos cardíacos da mesma.

A hormona do stress, o cortisol, pode ser ativada por ruídos como o trânsito e outros do género que costumam ser ouvidos na confusão própria das cidades. Quando esta hormona é libertada, podem surgir problemas de saúde como úlceras ou doenças cardíacas. O som do oceano ajuda a diminuir os níveis de cortisol, exercendo um efeito positivo na nossa saúde e evitando problemas graves.

A superfície plana do oceano acalma

A própria superfície plana característica do oceano também nos pode dar uma sensação de segurança. Porquê? O neurocientista Michael Merzenich explica que os seres humanos se sentem seguros em lugares que não são complexos. Por exemplo, na floresta é preciso fugir dos animais selvagens, nas cidades temos de ter cuidado com assaltantes, mas na praia podemos estar em paz de espírito sem fortes ameaças.

O neurocientista acrescenta ainda que “Somos construídos, neurologicamente, para normalizar o nosso ambiente e controlá-lo. Quando olhamos para o mar ou andamos ao longo da costa, estamos num ambiente previsível e estável”.

Por: Life Hack

Foto: Claudia Skobelkin

Fonte: O Segredo.

Foi editora e responsável pela criação da Revista ‘Viver Nutrilite’ e redatora da BCS Comunicação. Trabalhou como repórter freelancer para diversos veículos de comunicação cobrindo shows internacionais, nacionais e eventos. Foi Assessora de Imprensa nas áreas de beleza, moda, saúde e bem-estar na Papiro Comunicação e Know How Comunicação. Foi Assessora de Imprensa da Ana Massella Dermatologia e Clínica Estética. Atualmente é editora de conteúdo do site Passaporte Cultura e repórter colaboradora do Site Gossip. Jornalista por formação, cidadã do mundo e de bem com a vida. Apaixonada por Deus, viagens, Bon Jovi, cinema e séries, SPFC, rock, Dalí e Ayrton Senna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *