Turismo

Uruguai, eu te amo!

By  | 

Por Claudia Skobelkin Fotos: Claudia Skobelkin

Quando um brasileiro ouve falar do Uruguai, a primeira coisa que ele lembra é de Punta Del Este, o balneário mais famoso e glamouroso da América do Sul. Mas saiba que a menos de 2h de carro, encontra-se Montevidéu, cidade charmosa, bonita, encantadora, limpa e super arborizada, com vários atrativos interessantes para conhecer e ainda conta com um povo educado e amável . Em 2013, a cidade foi eleita a capital Ibero-Americana da cultura, por conta de eventos que ali ocorreram, como jazz, cinema, tango, arte e design. E o país ainda tem o ex-presidente Mojica, um dos mais queridos do mundo e exemplos para outros governantes.


Quando eu comecei a fazer matérias com dicas de viagens, alguns amigos me perguntaram se eu ia escrever sobre Nova Iorque, Montreal e Uruguai. Explico: Eu sempre defendi a ideia exposta pelo protagonista do filme ‘’ Albergue Espanhol’’, quando ele diz que ‘’um lugar onde você morou faz parte de você para sempre’’. Concordo em gênero, número e grau. Eu viajo pelo Brasil e para o exterior desde pequena e me sinto uma cidadã do mundo. Acredito que viajar seja o melhor investimento que se pode fazer, pois você gasta dinheiro e fica mais rico. Conhecer novas pessoas e culturas enriquece muito, é gratificante, revigorante, apaixonante e experiência de vida única. Se você costuma viajar, nunca perca esse costume e se ainda não o fez, comece já. É uma das melhores coisas do mundo.
E embora eu ainda não tenha morado no Uruguai ( já vivi em NYC e Montreal), eu viajo para Montevidéu desde pequena, pelo menos uma vez a cada dois anos, pois eu sou filha de urugaio e simplesmente amo esse país, onde eu tenho primos e amigos e considero a minha segunda casa.Vamos conhecê-la? Venha com a gente. Deixe para visitá-la no final de semana, é melhor. Siga o nosso roteiro de três dias.

Chegada.

A Gol linhas aéreas disponibiliza voos diários para o Uruguai.
Vá até o guichê de táxi do aeroporto para pegar um táxi ou van credenciada para o hotel. Do aeroporto também sai ônibus para Punta Del Este, pela empresa intermunicipal COT. Se estiver levando reais, a cotação nas casas de câmbio do centro é melhor, principalmente na Avenida 18 de Julho.

Hospedagem.
Há boas opções no centro histórico e na Avenida 18 de julho, com a vantagem de ficar próximo ao comércio, bares, restaurantes e vida noturna, como o hotel Orpheu Express ou o Hotel Esplendor Montevideo, por exemplo .
Já os que preferem tranquilidade e uma caminhada pela orla no final da tarde, podem se hospedar em um hotel na área de Pocitos:l My Suites ou Pocitos Plaza. Para todos os gostos e estilos há alternativas, até hotéis novos e com design moderno, como o Sheraton Montevideo. Pesquise.

Primeiro dia.
Pela manhã, caminhe pela Avenida 18 de julho, a principal rua comercial de Montevidéu e onde se localizam vários pontos históricos da cidade, edifícios históricos, parques e museus. Há boas opções de lojas de roupas e acessórios, calçados, bares, eletrônicos, bares,restaurantes, souvenirs, etc. A diversidade de roupas de couro é grande, material de qualidade e o preço super acessível, se comparado ao Brasil. Vale a pena fazer umas comprinhas.

Conheça o fantástico Teatro Sólis,(Teatro Municipal)- com guia é melhor-, e depois vá ao Mirante (Mirador) da Intendência de Montevideo, com elevador panorâmico de onde se tem uma vista linda da cidade. Gratuito.

Caminhe em direção a Ciudad Vieja e conheça a Praça da Independência, a mais importante do país. Nela está localizada a estátua do General Artigas, que foi um estadista da Revolução do Rio da Prata e herói da independência do país e de onde se pode ver o lindo Palácio Salvo, construído pelo arquiteto italiano Mário Palanti. Você irá notar que o motorista uruguaio para na faixa para o pedestre atravessar, até se o sinal estiver aberto para ele. Educação de primeiro mundo. Falando em educação, o pais dá de 10 a 0 em outros da América Latina: Até nas escolas públicas, cada aluno tem um computador disponibilizado para ele e o ensino é de qualidade.

Vá até a ciudad vieja, bairro histórico e point de vida noturna da cidade que concentra bares, restaurantes, pubs, discotecas e tanguerias*, com tango ao vivo. Eu amo esse bairro. Passeie com calma por esse local, vale a pena. Não deixe de provar o sorvete de doce de leite (Dulce de leche), em algum trailer de esquina, é o melhor do mundo, aliás, as comidinhas de quiosques e trailers são sensacionais, desde ‘’ El pancho’ ( cachorro quente), até ‘’ chorizo ( sanduiche de calabresa) ou hambúrguer com a carne uruguaia, tão famosa e gostosa como a carne argentina. Eu particularmente acho a carne uruguaia a melhor do mundo e churrasco, é o prato tradicional do país.

Almoce no Mercado Del Puerto, local turístico que reúne vários restaurantes com o melhor da comida uruguaia: o churrasco ( la parrillada). Ir ao Uruguai e não comer a carne local é como ir ao Rio e não conhecer o Cristo Redentor. O mercado também possui restaurantes na parte externa e há restaurantes que servem peixe ou frutos do mar.

Após o almoço, caminhe pela Rambla, costa litorânea de Montevidéu às margens do Rio de La Plata que possui 22 quilômetros, diversas praias e bairros e que tem desde construções antigas, até prédios modernos, além de bares, restaurantes e vida noturna. Vá até o parque Rodó, o mais antigo da cidade, enorme, lindo e com boas opções de lazer e entretenimento, entre eles, o parque de diversões Rodó ( eu passei parte da minha infância e adolescência frequentando esse parque). Deixe para ver o pôr do sol na rambla, é a coisa mais linda do mundo e se possível, tomando um mate. Uruguaios amam mate/chimarrão e a erva uruguaia é ótima.

Balada na Ciudad Vieja: Vá ao bar Fun Fun, o mais tradicional da cidade, com show de tango ao vivo e candombe e frequentado por várias personalidades, até Carlos Gardel já passou por lá. O bar também é famoso por conta de uma bebida exclusiva, Uvita, um licor especial de uva. Balada excelente para conhecer a cultura local. Sim, o Tango nasceu no Uruguai. O camdombe, estilo musical característico do Uruguai é tão forte, que o carnaval no país dura 40 dias.,super tradicional.

Ou se preferir, se jogue no Shannon Irish Pub, que além das tradicionais cervejas, oferece aperitivos, pizzas e sanduíches. E antes que me perguntem, já vou responder: A Norteña é a melhor cerveja uruguaia.

Segundo dia.

Deixe a manhã para ir à praia. As melhores são Pocitos, Malvín e Carrasco. A rambla é frequentada por 9 entre 10 montevideanos que gostam de caminhada, patinação, andar de skate, mergulhar no mar ou tomar chimarrão e jogar conversa fora. Pocitos é o point dos esportes náuticos. Para os que gostam de aventura, fica a dica.

Almoce no Shopping Punta Carretas, o melhor da cidade e que já foi uma penitenciária e tem uma arquitetura linda. Aproveite para conhecer as lojas locais.
Se você gosta de corrida de cavalos, não deixe de visitar o Hipódromo Marõnes que tem corridas de cavalos há 157 anos e atualmente, aos finais de semana. É um complexo com serviços bacanas e gastronomia farta.

Dois bairros interessantes que merecem uma visita são o Prado, que também conta com um parque e um museu incrível e o Carrasco, que tem até Cassino.
Balada: Aproveite com calma a vida noturna de Pocitos, bairro de classe média alta que concentra bares ,restaurantes e pubs, entre eles o Pocitos Diez.

Terceiro dia.

Tire a manhã para conhecer as feirinhas. A feiraTristán Narveja, que funciona aos domingos, entre a Avenida 18 de julho e a rua Tristán Narvaja, é uma boa pedida. Concentra desde artesanato e roupas, até antiguidades. Outra feira interessante é aMercado dos Artesãos, na mesma localidade.

Após o almoço, vá até o Estádio Centenário de Montevidéu, local onde o melhor time uruguaio jogou muitas vezes ( Dale Peñarol) e aproveite para conhecer o museu do futebol, o primeiro do mundo no gênero.

Pare em qualquer padaria, escolha e peça macitas para viagem. Macitas são miniaturas de doces finos uruguaios, algo que no Brasil a gente pode chamar de ‘’ mini amor aos pedaços’’ ou ‘mini Kopenhagem’’, só que melhor. E barato. Os alfajores uruguaios também são deliciosos.

Deixe o fim da tarde para conhecer a Fortaleza General Artigas. O local tem um farol, museu militar, fica a 132 metros acima do nível do mar e tem uma vista linda.

Foi editora e responsável pela criação da Revista ‘Viver Nutrilite’ e redatora da BCS Comunicação. Trabalhou como repórter freelancer para diversos veículos de comunicação cobrindo shows internacionais, nacionais e eventos. Foi Assessora de Imprensa nas áreas de beleza, moda, saúde e bem-estar na Papiro Comunicação e Know How Comunicação. Foi Assessora de Imprensa da Ana Massella Dermatologia e Clínica Estética. Atualmente é editora de conteúdo do site Passaporte Cultura e repórter colaboradora do Site Gossip. Jornalista por formação, cidadã do mundo e de bem com a vida. Apaixonada por Deus, viagens, Bon Jovi, cinema e séries, SPFC, rock, Dalí e Ayrton Senna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *