Turismo

Viagem: Confira algumas dicas para evitar o overbooking.

By  | 

Há cerca de dois meses o vietnamita David Dao, passageiro da  United Airlines, foi retirado à força e de forma violenta do avião ( infelizmente) e o vídeo se tornou viral. Já pensou descobrir que não há lugar para você no avião, no momento do seu embarque? Após esse episódio os Consultores de viagem da Virtuoso, agência especializada no mercado de luxo, dão algumas dicas de o que fazer em casos de overbooking e como evitar ficar de fora do avião superlotado. Vamos a elas.

1- É ideal manter a fidelidade a determinadas companhias aéreas e suas parceiras. A pontuação em programas de milhagens ajuda o passageiro a sair da ”zona de risco” para os cortes em casos de overbooking.

2- Reserve assentos logo que o voo for marcado.

3- Reserve assentos assim que abrir o check-in virtual.

4- Evite as primeiras e últimas filas da classe econômica, normalmente destinadas a idosos, passageiros com mobilidade reduzida e famílias com crianças.

Os consultores do Virtuoso ainda lembram que é muito difícil as companhias retiram passageiros à força de dentro das aeronaves. Mas, caso isso aconteça, eles aconselham:

1- Entre em contato imediatamente com sua agência de viagens.

2- Exija sua realocação no voo seguinte, mesmo que seja em outra companhia.

3- Mesmo concordando em desembarcar, peça educadamente por mais compensação do que a empresa aérea esteja oferecendo.

4- Prefira a compensação diretamente no seu cartão de crédito ao invés de um voucher da empresa aérea, principalmente se você não for um viajante frequente.

“É uma pena que vejamos surgir essas histórias, pois sabemos que para milhares de passageiros voando diariamente, apenas uma porcentagem mínima é retirada de voos”, diz Terrie Hansen, vice-presidente sênior de Marketing do Virtuoso. “E quando um caso desses acontece, atrai enorme atenção porque imediatamente o público pensa ‘poderia estar acontecendo comigo’. E esta é uma das principais razões pelas quais recomendamos que a viagem seja marcada com um consultor, que vai defender o consumidor em um episódio como esse”, acrescenta. Ter alguém com interesse pessoal em defender você é inestimável, conclui.

Divulgação. Fotos: Internet/Reprodução.

Foi editora e responsável pela criação da Revista ‘Viver Nutrilite’ e redatora da BCS Comunicação. Trabalhou como repórter freelancer para diversos veículos de comunicação cobrindo shows internacionais, nacionais e eventos. Foi Assessora de Imprensa nas áreas de beleza, moda, saúde e bem-estar na Papiro Comunicação e Know How Comunicação. Foi Assessora de Imprensa da Ana Massella Dermatologia e Clínica Estética. Atualmente é editora de conteúdo do site Passaporte Cultura e repórter colaboradora do Site Gossip. Jornalista por formação, cidadã do mundo e de bem com a vida. Apaixonada por Deus, viagens, Bon Jovi, cinema e séries, SPFC, rock, Dalí e Ayrton Senna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *